24 de janeiro de 2011

Shabab's

Santo André não tem a infinidade de restaurantes que existe em São Paulo, mas garimpando um pouco encontramos alguns lugares bons. Um dia desses fomos até o Shabab's, restaurante árabe que existe há 30 anos em Santo André sob o comando dos irmãos Samir e Ahmad Jomma.

O lugar é bem simples e o atendimento no dia da visita foi bem simpático. Não estávamos com muita fome e pedimos poucas coisas. Começamos com algumas esfihas que são assadas na hora. Entre elas a de chanclich (queijo árabe) que tem um sabor um pouco forte. A Denise não gostou muito.


Pedimos também de zatar, que estava boa e um pouco mais suave que a de outros lugares já visitados, e a de milho com mussarela. Apesar de não ser um sabor tradicional a combinação de milho com mussarela ficou muito boa e foi a que mais agradou a Denise.

    

Experimentamos também a de coalhada fresca que estava muito boa também. A exceção ficou por conta da esfiha folhada de carne. A massa estava crua no meio e o recheio de carne não agradou muito. Foi a única que decepcionou.


Ficamos curiosos com a Kafta na Coalhada que são bolinhos de kafta assados e imersos em coalhada temperada à moda árabe, com pão sírio torrado, castanha de caju e amêndoas sobre ela. Pedimos meia porção apenas para experimentar.


Os bolinhos de kafta estavam bem temperados bem como a coalhada, onde o sabor de alho era marcante. Para quem estiver em Santo André é um bom lugar para comer esfihas e alguns pratos árabes.

Preços
Esfiha de chanclich: R$ 2,60
Esfiha de zatar: R$ 2,60
Esfiha de coalhada: R$ 2,60
Esfiha de mussarela c/ milho: R$ 3,60
Esfiha folhada de carne: R$ 3,50
Kafta na coalhada (1/2 porção): R$15,90
Água / gás: R$ 3,00

Endereço
Avenida Portugal, 155 - Santo André
11 4438 1078

Site
http://www.shababs.com.br

13 comentários:

lolipop disse...

HUMMMM! Que bom aspecto que isso tem...
Só faltou um docinho...
Beijos carinhosos aos dois!

Bah disse...

Sei não, sou meio relutante com comida árabe... só como habib´s por causa da massa e só como esfiha de queijo ahahahaha... mas tem uma esfiha ai que tá queimada hein? rss

Agora coalhada com gosto de alho seria MUITA sacanagem comigo rs...

Kisu!

Cacá disse...

Olá! Não conheço quase nada da comida árabe, mas sem dúvida adoro esfihas!!! Nunca tinha visto tamanha variedade de sabores. Costumo comer sempre a de carne. Esses preços são por unidade? Achei eles meio carinhos. Também concordo que faltou um docinho. Bjuss bom início de semana!!!

Kiyomi, a.k.a. Piggy disse...

Oi Denise! Oi Carlos!
Faz uma década (sem trocadilhos) que não sei o que é comer uma verdadeira comida árabe!! Acho que em Yokohama ou Toquio deve ter e eu que não procuro.
Adoro tambem esfihas, mas tem um que nao passou do ponto nao ou era assim mesmo? (aquele que a Bah falou que está queimado)
... e depois que me toquei que uma vez a Bah detesta cebola e alho (vide o comentario da coalhada com alho).
E os doces?!
Bem, espero um dia experimentar mais sobre comida do oriente médio, quem sabe encontro aqui?
Beijao!

Nilce disse...

Adoro kibes e esfihas. huuummmmmmmm
Tenho uma amiga que faz como fazia quando morava no Líbano. Me esbaldo.
Ah e o pão sírio com creme (acho que tem um nome, não lembro) de beringela então. Demais!

Bjs no coração!

Nilce

Denise disse...

Margarida
Que bom que gostou das esfihas!
Desta vez estávamos lights, o docinho fica para a próxima!!!

Romina
Deixe o receio de lado e vamos degustar um lugar árabe! Eu também só achava que o Habib´s era uma boa opção. Vejo que existe uma infinidade de lugares ótimos para se apreciar este tipo de prato no Brasil.
A esfiha "queimada" na verdade não estava queimada...rs! A cobertura é uma junção de especiarias típica do oriente médio composto de orégano, alfavaca e gergelim chamada zatar. É um tempero mais forte, porém perfumado.

Cacá
Os valores das esfihas eram unitários. São caros, mas valem a pena por serem assados na hora. Os doces como havia comentado com a Margarida, ficam para outro post! rs

Kiyomi
Quando estiver no Brasil não perca a oportunidade de degustar um árabe!
Quando estávamos no Japão nunca vimos restaurante árabe...será que tem?
Aquela esfiha com cobertura escura não estava queimada não...rs...era zatar, um condimento típico árabe.

Nilce
Não sabia que apreciava este tipo de comida, que bom saber!
Essa amiga pelo visto é prendada hein...

Bjs a todas!

Carol disse...

Nossa, que bonita as esfihas! E tem umas esfihas diferentes, gostei! ;) Pena que quase nunca....aliás, NUNCA fui pra Santo Andre ahhaha!

hey, vamos marcar algo? Dia 05 de fevereiro vou comemorar meu niver num barzinho. convido vcs! :) Depois mando e-mail!
beijos

Georgia disse...

Oi!
Com certeza se vcs fossem aonde tomei milk shake vcs não iriam escolher o de chocolate, muito comum pra vcs hahahahaha, escolheriam um sabor bem exótico né?

Bjus, boa quarta pra vcs ;)

andreia inoue disse...

ola denise e carlos,
nao sou muitooo fa de esfilhas e coalhada (tenho um certo trauma,hahah).
em todo o caso elas estao com uma aparencia otima (esfilhas).
beijao e ja to aguardando o proximo post.

Tabeteimasu - Denise disse...

Carol
Que pena que não conhece Santo André, garanto que é um lugar interessante para se conhecer e o melhor, fica próximo da capital.
Opa, vamos combinar algo sim! Vai comemorar o seu aniversário? Ficamos no aguardo do seu e-mail!

Georgia
Adivinhou que escolheríamos os sabores diferentes de milk shake... até porque para avaliarmos e matarmos as curiosidades!

Andréia
Até que a coalhada estava agradável, eu que não sou muito fã gostei de lá. Dependendo do lugar, se for muito azeda nem como, deixo para o Carlos. Confesso que gosto de coalhada como sobremesa, regado ao mel. Do Almanara é ótimo!

Bjs a todas

Elisa no blog disse...

Gosto muito de esfihas, gosto tanto que até faço aqui de vez em quando, mas não fica igual. Meu filho quando pequeno tinha mania de comer a esfiha do Habib’s com o recheio de carne virado para baixo. Sabe que aquilo não cai?
Gostei da sua história do banheiro.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

aiaiaiaiai tudo parece delicioso! eu adoro comida árabe, como bom bisneto de libanes rs.

acho que comida árabe é igual japonesa: quem não conhece tem certo preconceito, tem que experimentar. depois que come, a maioria se apaixona, é ou não é amigos?

as fotos estão excelentes. boa dica!

Tabeteimasu - Denise disse...

Elisa
Que bom que consegue matar as vontades fazendo umas esfihas em casa, pelo menos não passa tanta vontade! Não sei o que deve ter na esfiha do Habib's para a carne não desgrudar viu! rs
No lance do banheiro, o Carlos vive lamentando aos amigos que havia ficado sem ter o que comer naquela noite!

Alexandre
Quanto tempo, estávamos com saudades!
A comida árabe é ótima, eu mesma achava que só tinha Habib´s de opção. Hoje vejo que não vivo sem!

Abraços a todos

Postar um comentário