27 de junho de 2011

Mocotó

Mais um restaurante que estava em nossa lista há tempos...e foi lá que marcamos mais um encontro com 2 casais de amigos, a Romina e o Felipe, e a Andréia e o William. Eles ainda não se conheciam e o encontro foi muito bacana. Deu para colocar um pouco da conversa em dia mas ainda faltou tempo. Foi bom pois o Felipe também sugeriu o restaurante e desta forma tomamos coragem e fomos até lá.

O restaurante Mocotó do chef Rodrigo de Oliveira é muito bem conceituado, tanto pelos críticos de publicações famosas quanto pelos blogueiros de plantão. A cozinha nordestina saborosa por natureza, ganha criatividade e novos sabores nas mãos do chef Rodrigo. Devido à repercussão, a casa costuma ficar cheia. Aliás, muito cheia. Eles não fazem reservas e a fila costuma se formar a partir das 11:30h. A Andréia pontual como sempre, chegou cedo e foi a primeira da fila.

O cardápio é tentador e começamos com os Dadinhos de Tapioca, preparados com cubinhos de tapioca e queijo coalho servidos com molho de pimenta agridoce.


Para beber fomos da tradicional Tubaína e de Cajuína, que é um suco de caju fermentado com um toque de mel no fundo. É realmente bom e todo mundo gostou.


O Felipe ainda pediu uma porção de Torresminho de entrada, e estes vieram bem gordos, com pedaços de carne e não só da pele pururucada.


Eu ainda pedi um Escondidinho de carne seca. Quando chegou todo mundo ficou de olho e quis provar. Posso dizer que foi uma das melhores escolhas pois foi o melhor escondidinho que comi até agora fora de casa.


Depois das entradas pedimos um Baião de Dois, preparado com feijão com arroz e incrementado com queijo coalho, lingüiça, bacon e carne-seca. Para acompanhar uma Costelinha de Porco à moda do Engenho, desossada, recheada com pernil e servida com abacaxi dourado na manteiga, mandioca cozida e molho de mel.


O baião estava bom e a farofa que o acompanhava muito boa. A costelinha tinha a carne macia e bem úmida. A Romina achou o sabor um pouco forte, mas este é o estilo desta costelinha, mais rústico e de sabor marcante. Não segue o estilo "Outback".


Depois de tudo isso ainda tinha espaço para as sobremesas, muito bem elaboradas por sinal. Eu e a Andréia pedimos o Mousse de Chocolate com Cachaça. O sabor da cachaça é bem pronunciado e as mulheres da mesa não gostaram tanto em virtude disso. Eu gostei bastante pois achei que combinou bem como o sabor do chocolate amargo.


A Denise pediu um Pudim de Tapioca, com leite de coco e leite condensado, servido com calda de coco queimado. Este estava muito bom e todos gostaram.


A Romina pediu um Creme Brullé de Doce de Leite e Umburana (em parte ela foi induzida por mim a pedir esta pois eu queria experimentar...). E foi uma grande surpresa pois o sabor surpreendeu. O creme tinha o sabor do doce de leite sem ser doce demais. Difícil conseguir isso. Além disso o caramelo da cobertura estava bem crocante. A Andréia gostou tanto que deixou o mousse com o William, pois já estava ficando embriagada, e pediu um creme brullé também.


O Felipe foi de Bolo de Chocolate com Cupuaçu e Castanha do Pará, servido quente com sorvete artesanal de nata. Estava muito boa também, com o interior do bolo bem úmido, mas foi a que menos se destacou perante as outras. Mas ele gostou e disse que é a preferida dele no Mocotó.


Tanto os pratos quanto as sobremesas estavam muito boas. O atendimento também foi bem atencioso e rápido. Outro ponto positivo é que no site deles tem o cardápio completo e com os preços (coisa difícil de ver). Comentamos na mesa que é uma pena o restaurante ser longe, mas pensando melhor é bom que seja assim...caso contrário estaríamos lá sempre e a balança não ficaria nada contente...

Como muitas pessoas já o fizeram recomendamos a todos que conheçam o Mocotó.

Preços
Dadinhos de Tapioca: R$ 16,90
Torresmo: R$ 3,90
Escondidinho de carne seca: R$ 18,90
Baião de Dois: R$ 25,90
Costelinha de Porco à moda do Engenho: R$ 59,90
Mousse de Chocolate com Cachaça: R$ 9,90
Pudim de Tapioca: R$ 9,90
Creme Brullé de Doce de Leite e Umburana: R$ 11,90
Bolo de Chocolate com Cupuaçu e Castanha do Pará: R$ 11,90
Tubaína: R$ 3,90
Cajuína: R$ 3,90

Endereço
Rua Nossa Senhora do Loreto, 1100 - Vila Medeiros
11 2951-3056

Site
http://www.mocoto.com.br

8 comentários:

Georgia disse...

Que delícia, que delíciaaaaa!!!
Baião de dois é muito bom, e escondidinho de carne seca hummmmmm, água na boca mais uma vez huahuahuahau, e as sobremesas maravilhosas!!!


Bjus, boa semana pros dois ^^/
Sorte de vcs saírem com a Romina e Andréia, duas fofas que eu adoro "virtualmente"

Elder disse...

Simplesmente sensacional. Pratos bonitos e apetitosos! Deu até pra sentir o cheiro pela foto! hehe... E Cajuína é gostoso mesmo.
Gostei!!!

Abraço!
Elder.

Kiyomi, a.k.a. Piggy disse...

Minha nossa! Já sei onde ir quando eu voltar (um dia)! Só de ver os pratos bateu aquela vontade de comer alguma coisa com carne seca!!!

E todo mundo fala do escondidinho de carne seca que tambem quero!

E foi legal terem ido em tres casais, fica mais divertido hahaha

Beijao!

Cacá disse...

Olá Denise e Carlos!
Nossa, passei mal só de ver... que delícia heim! Ainda mais nesse friozinho. Ai, ai... e faz o favor de enviar a receita desse seu famoso escondidinho hehehe...
Bjuss

Tabeteimasu - Denise disse...

Olá Georgia,
O encontro com a Romina, Felipe, Andréia e William foi ótimo, quem sabe nas próximas vc não esteja conosco? rs
Apesar da distância e a fila de espera, foi acima do esperado, tanto é que queremos voltar logo!

Oi Elder,
Ficamos felizes que gostou do post! Seja bem vindo!!!
Deu vontade de levar a Cajuína para tomar em casa também... rsrsrs!

Olá Kiyomi,
Escondidinho de carne seca é demais, e do Mocotó é ótimo!!!
Quando estiver por aqui, combinamos em ir lá com a mesma turma! rs

Oi Cacá,
No frio parece que dá mais vontade de comer né?!
O escondidinho de carne seca do Carlos é muito bom mesmo, tanto é que o dia que ele faz acaba rapidinho! rs

Abraços a todos,
Denise.

Bah disse...

Nossa, adorei as fotos. Sério! Parece muito mais apetitoso do que na verdade é rs... brincadeira... tudo tava maravilhoso, só da costela que não gostei muito e da cachaça pq achei forte, de resto, nota 10 e valeu cada minuto que esperamos na fila...


Kisu!

Paula Ishibashi disse...

Sou de Dourados MS e encontrei por acaso o site e achei SENSACIONAL parabéns pelas ótimas fotos e pelo modo criativo na qual comenta as suas desgustações! Amei e fiquei louca de vontade, com toda certeza será nosso guia em SP, bjs

Tabeteimasu disse...

Olá Paula,

Obrigado pelos elogios! Que bom que gostou do blog! Se precisar de mais dicas é só falar...

Acho que a Denise deve ter algum parente em Dourados mas nunca fomos até aí. Deve ter muita coisa boa em Dourados também né?

Abs,
Carlos

Postar um comentário