11 de junho de 2012

Japão - Yokohama

Já havíamos visitado Yokohama da primeira vez que fomos ao Japão e ficamos apaixonados pela cidade. Quando estávamos planejando esta viagem, ela foi uma das primeiras a ser colocada em nosso cronograma. Além disso seria uma oportunidade de conhecer pessoalmente a Kiyomi que conhecemos virtualmente através de nossos blogs.

Combinamos então de encontrar a Kiyomi e o Toshi na estação de trem e lá estava ela nos aguardando com um omiyage. Na verdade dois...que eram deliciosos e vamos comentar no próximo post. Desde já agradecemos pela agradável companhia (e paciência...rs...) durante todo o passeio e pelo omiyage, que adoramos! Eles levaram um amigo para o passeio também, o Glaucio que aguentou firme e forte até o fim!

Yokohama fica a apenas 30 minutos (de trem) de Tokyo é a 2º cidade mais populosa do Japão. Mesmo assim ela não passa a impressão de ser tão frenética quanto Tokyo. Da estação de trem Sakuragicho, temos acesso a vários pontos interessantes e que valem a visita.

Minato Mirai 21

Minato Mirai significa "porto do futuro" é realmente passa essa impressão pois é uma área que concentra diversos shoppings e arranha céus. Entre eles o edifício mais alto do Japão, o Landmark Tower com 296 metros.


Entre as 3 torres do Queen's Tower (uma menor que a outra), existe uma escultura em metal retorcido muito interessante chamada "Mokumoku Wakuwaku Yokohama Yo Yo" que atrai a atenção de muita gente. Não tem como passar por ela sem ficar ao menos alguns minutos admirando.


Ainda em Minato Mirai continuamos caminhando até chegar ao Akarenga Soko ou Red Brick Warehouse.



Akarenga Soko (Red Brick Warehouse)

Os prédios do Akarenga Soko foram construídos em 1913 e eram utilizados como alfândega, mas sofreram vários danos no grande terremoto de Kanto de 1923. Em 1994 um trabalho de restauração começou e se estendeu por 8 anos.


Um dos prédios abriga exposições e eventos enquanto o outro funciona como um shopping com diversas lojas e restaurantes. Aproveitamos e almoçamos lá mesmo.

Site
http://www.yokohama-akarenga.jp

Yokohama Tachibana

Como era domingo, a maioria dos restaurantes estava cheio e com longas filas. Como não queríamos perder tempo, escolhemos este e logo fizemos nossos pedidos.

A Denise foi de Yokohama Hayashi, com uma espécie de risoto, carne refogada, um ovo cozido e salada de repolho. Ela não gostou muito pois o ovo veio com a gema bem mole (em quase todos os lugares é assim).


Eu fui de Jikkuri Nikonda Katsukare que era um tonkatsu com karê. Estava bom com a carne bem macia e úmida.


Preços
Yokohama Hayashi: ¥1050 (R$ 25,20)
Jikkuri Nikonda Katsukare: ¥950 (R$ 22,80)

Endereço
Akarenga Soko, Prédio 2, 1F
1-1-2 Shinkō Naka-ku, Yokohama

Site
http://yokohama-tachibana.net/akarenga/


Yamashita Park

O Yamashita Park é um parque linear com uma extensão de 750 metros beirando a orla de Yokohama. Na verdade ele se parece mais com uma praça extensa mas é muito bonito e muitas pessoas aproveitam o fim de semana para passear por lá.


Nas margens do parque, repousa o transatlântico Hikawa Maru que foi colocado em operação em 1930 na linha Yokohama-Vancouver/Seattle. Um dos passageiros famosos foi Charlie Chaplin. Em 1960 ele foi retirado de operação e a partir de então vem servindo como museu.


Ao redor do Hikawa Maru, inúmeras gaivotas ficam sobrevoando e dando rasantes. Um espetáculo muito bonito de se ver.


Mas o mais impressionante foi um senhor japonês que ficava alimentando as gaivotas com "Ebicen". Era uma sequência de gaivotas que ia comer na mão dele que ficamos bobos só de ver. E para completar ele ficava chamando as pessoas para fazer o mesmo. A Denise que é louca por bichos não titubeou e foi até perto dele, que deu alguns "Ebicen" para ela e foi só esticar a mão para as gaivotas se aproximarem.


Ainda no parque muitas famílias, crianças, senhores e turistas caminhando. Um lugar que vale muito a pena visitar.



Osanbashi Yokohama

Quase junto ao Yamashita Park, fica o Osanbashi Yokohama, originalmente construído em 1894. Osanbashi significa grande píer e desde o início ele serviu como porta de entrada do Oceano Pacífico para o Japão. Em 1994 uma completa remodelação se deu início, completando-se em 2002 e dando forma à atual estrutura do píer.


Uma curiosidade é que a madeira utilizada no deck da construção é brasileira. A madeira do Ipê foi escolhida em virtude da sua resistência e durabilidade.


A partir do deck de observação, a vista é deslumbrante. Pode se observar perfeitamente a região de Minato Mirai com o imponente Landmark Tower e os galpões do Akarenga Soko.


Podemos avistar também a Yokohama Bay Bridge que à noite fica mais bonita ainda.
 

Saindo do píer nos deparamos com uma fila de Lamborghinis. Não é todo dia que se vê cinco Lambos enfileiradas...


Muita gente parou para fotografar as máquinas. Um senhor mais curioso perguntou para os donos quanto valia um daqueles. Um cara jovem de trinta e poucos anos respondeu ¥ 80 milhões...que dá apenas US$ 1 milhão...


Mas a que mais chamou minha atenção foi a Lambo cromada. Nunca tinha visto nada parecido...


Site
http://www.osanbashi.com/en/outline/features.html


Tully's

Depois de toda essa andança voltamos para o Landmark Tower repor as energias. A Kiyomi recomendou o Tully's e aceitamos sem hesitar. A Denise foi de New York Cheese Cake. Estava muito bom e bem mais leve do que os cheesecakes que encontramos no Brasil.


Para beber pedimos um Royal Milk Tea e um Honey Milk Tea. As bebidas estavam muito boas e ajudaram a esquentar um pouco.


Eu pedi um Mille Crepe Brulée e tive até que repetir de tão bom que estava.


O Tully's é uma boa opção para repor as energias durante um café da tarde.

Preços
New York Cheese Cake: ¥360 (R$ 8,64)
Mille Crepe Brulée: ¥380 (R$ 9,12)
Royal Milk Tea: ¥390 (R$ 9,36)
Honey Milk Tea: ¥350 (R$ 8,40)

Endereço
Diversos

Site
http://www.tullys.co.jp

A essa altura a Denise e a Kiyomi estavam cansadas mas eu ainda queria tirar algumas fotos noturnas. Então elas ficaram no shopping enquanto o Toshi e o Glaucio me acompanharam por todo o percurso novamente...mesmo com um frio intenso e um vento de congelar os ossos.

Agradecemos à Kiyomi, ao Toshi e ao Glaucio pela agradável companhia durante todo o passeio. Foi muito gratificante conhecê-los pessoalmente!

No próximo post a caminhada noturna em Yokohama...quando a cidade parece se transformar em outra...

9 comentários:

Bah disse...

Aii que passeio delicioso! Saudades que eu tenho de Yokohama! EU aproveitei pouco essa parte, mas consegui visitar bastante lugares... Café Tully eu conhecia, mas eu ainda sou mais o Doctor rs... Adorei! Quando eu fui no porto tinha exposição de carros e também de flores... tudo muito lindo...

Essas fotos estão lindas! SAudades imensas desse país!

Kisu!

Isadora disse...

com todas estas fotos maravilhosas e dicas, dá mais vontade de conhecer a cultura fantastica do Japão!

http://deliciasdaisa.blogspot.com.br/

Elder disse...

Ola pessoal! Tudo bem?
Gente, tem alguma coisa no Japão que não seja tão bonito? Agora quero ver as fotos noturnas, aguardando o próximo post.
Até o ovo lá é diferente? Não parece com os daqui... Deve ser mto bom o prato! Eu curto gema mole!!!
Abs!!!

Vanessa Fernandes disse...

Gente, que incrível!!!

Muito legal vcs estarem contando toda a viagem com todos esses pontos tão interessantes de visitação.

É tudo realmente muito lindo, exótico e moderno. Eu iria amar dar o Ebicen para as gaivotas tb, deve ser encantador. E tb amo gema mole, portanto fiquei morrendo de vontade deste prato! rs

Hummmmm e esse doce do final está com uma cara muito apetitosa, queria um agora! hahahaha

E o que dizer das Lamborghinis?!? Show, essa cromada é a mais linda mesmo. E o pessoal tá mal de grana lá, hein... hehehehe!

Parabéns pelo post, amei de verdade!:)

Bjs,
Vanessa

Tabeteimasu disse...

Olá Bah,
Yokohama é tudo de bom! Considero uma das cidades mais bonitas do Japão. Eu gostei do Tully's mas o Doutor também me agradava bastante! Eu já estou morrendo de saudades de lá tb!

Olá Isadora,
O Japão é um lugar que vale muito a pena conhecer! Se nas fotos parecem bonitos, pessoalmente são mais ainda!

Olá Elder,
Existem lugares que são mais simples e bem antigos. Geralmente no interior, não tem muita coisa e é bem semelhante com o interior daqui (mas bem mais limpo). Mas nas cidades grandes é tudo realmente lindo. Parece que as cidades são construídas para serem "cartões postais"! Na próxima segunda sai o post com as fotos noturnas!
Acho que você iria gostar do modo como preparam o ovo lá! A gema fica bem mole!

Olá Vanessa,
Estamos tentando fazer um resumo pois tem muita coisa! Mesmo assim ainda vai ter bastante posts sobre o Japão! E também não estamos saindo muito ultimamente e não temos muito "material" novo para postar sobre restaurantes daqui...rs...

Você tb iria gostar da gema mole de lá! E aquele senhor "encantador de gaivotas" nos deixou encantados!

O doce era realmente bom. Uma idéia muito bacana de fazer um "mil folhas" com massa de crepe ao invés de massa folhada.

Aquelas Lambos eram coisa de louco!

Abs a todos,
Carlos

fmass disse...

belas fotos. que saudade do Japão e suas ruas limpas e do Tullys Coffee.

Tabeteimasu disse...

Olá Fmass,
Valeu! Acho que todo mundo que já foi para o Japão sente muita saudade de lá! Nós sentimos isso diariamente...rs...

Abs,
Carlos

Vanessa disse...

Oi!

Nem preciso falar das imagens, ficaram belissimas!
Eu iria no mesmo prato que você Carlos pq eu já sei como os ovos vem nos pratos....pena que a D. não sabia disso!
O Tullys é bem gostoso e essa sobremesa aí pareceu muito apetitosa!
Gostoso poder ver essa proximidade da natureza com a modernidade, Yokohama é lindo, pena que o custo de vida lá seja altíssimo, deu pra perceber pelas construções, carros né?

Os posts estão maravilhosos, uma viagem pela internet!
Bjs

Tabeteimasu disse...

Olá Vannys!
Depois de um tempo percebemos como os ovos são servidos por aí! É um prato cheio para os amantes de gema bem mole!
Essa sobremesa do Tully's é muito boa. Achei muito bacana a idéia de fazer um "mil folhas" com massa de crepe.
Yokohama mescla muito bem a natureza e a modernidade mas isso tem seu preço...e realmente o custo de vida lá é alto!

Saudades por aqui!

Bjo,
Carlos

Postar um comentário