10 de setembro de 2012

Japão - Tokyo - Tsukiji e Ginza

O Mercado Tsukiji é o mercado mais famoso do Japão, em grande parte devido aos leilões de atum. Mas ele movimenta muito mais do que apenas o tão desejado (e quase em extinção) atum. Calcula-se que mais de 2000 toneladas de produtos marinhos sejam movimentadas por dia em Tsukiji.


Apesar de ter virado um ponto turístico, o mercado é um local de trabalho, muito movimentado por sinal. Então tome cuidado para não ser atropelado pelas motos, empilhadeiras e outros veículos que ficam circulando sem parar na parte interna. Afinal eles estão trabalhando...Ao longo dos anos o número de turistas vem aumentando, mas o local não foi planejado para ser um ponto turístico.


E devido aos problemas causados por turistas folgados que não respeitavam as regras, o acesso ao leilão de atum foi fechado por um tempo e depois reaberto com regras mais rígidas. É permitido o acesso de apenas 120 pessoas por dia sendo necessário se registrar no Centro de Informações a partir das 5:00h. Mas como é concorrido, é recomendado chegar um pouco antes pois o atendimento é feito com base na ordem de chegada. Como estávamos em um ritmo cansativo de dormir tarde e acordar cedo, não conseguimos levantar de madrugada...mas planejamos de tomar um café da manhã um pouco mais tarde por lá.

Dentro do mercado existe uma área com restaurantes que abrem bem cedo e ficam dispostos um ao lado do outro formando 2 ou 3 corredores junto com algumas lojas. Pesquisamos um pouco antes de viajar e entre os mais recomendados estavam o Sushi Dai, Sushi Bun e Nakaya. Descartamos o Sushi Dai apesar de ser o mais recomendado por causa da longa fila...não queríamos perder mais de 1 hora esperando pois ainda havia muita coisa para ver neste dia.


Site


Nakaya Sushi

Fomos para o Nakaya que servia inúmeras opções de domburis e a fila não era tão grande. Lá estávamos nós para comer peixe como café da manhã...Esperamos uns 10 minutos apenas.


Difícil escolher entre tantas opções mas fui de Toro Uni e a Denise de Toro Taraba. Os pratos vieram bem rápidos mas me decepcionei logo de cara pois ao contrário do toro (parte gorda do atum), vieram apenas fatias quase transparentes de akami (a parte normal do atum). Tudo bem que por aquele preço não dava para esperar muita coisa, mas as fatias podiam ser um pouco mais espessas.


O uni estava bem fresco e foi um dos melhores que já comi. Mas a porção era pouca também...

A Denise teve um pouco mais de sorte. Não em relação ao atum que também deveria ser toro mas veio apenas akami. Mas o taraba (uma espécie de king crab) até que veio bem servido, com pedaços tenros e adocicados.


A refeição foi boa mas esperava mais...no fim não deu para esconder minha frustração e acreditem ou não saí do Nakaya e peguei a fila do Sushi Bun...

Preços
Toro Uni: ¥ 2000 (R$ 48,00)
Toro Taraba: ¥ 3000 (R$ 72,00)

Site


Sushi Bun

No Sushi Bun a fila era maior e além de turistas percebi que haviam japoneses. Bom sinal...A Denise não quis me acompanhar pois disse já estar satisfeita e além disso ela não curte muito comer peixe logo cedo...


O restaurante existe há 150 anos e está na 4º geração. O sistema é o omakase, onde são servidos 10 sushis com os peixes do dia e um missoshiru. Três são fixos e variações do atum: toro, chutoro e akami. Ainda teve uni, anago, aji, akagai, hotategai, torigai e hotaru ika (a lula vagalume). Eles são servidos um a um e o sushiman diz o que está sendo servido.

Infelizmente não deu para tirar fotos pois havia um cartaz grande dizendo "No Photo"...sinceramente não entendo a razão disto...Mas os sushis estava incrivelmente bons. Dentre todos acho que o toro foi o melhor e teve um sabor inesquecível...

No final valeu a pena pois foi o melhor sushi que já comi até hoje, mas achei o atendimento muito sério e o fato de não poder tirar foto da própria comida meio chato. Bem diferente do restaurante que fomos no mercado de Osaka e que vamos contar mais adiante.

Preços
Omakase: ¥ 3700 (R$ 88,80)

Site


Ginza

Do Mercado Tsukiji fomos caminhando até Ginza, bairro conhecido pelas lojas de alto luxo e por ter um dos metros quadrados mais caros do mundo. No meio do caminho dava para avistar a Tokyo Skytree.


Uma das esquinas abriga a famosa loja de departamento Ginza Wako reconhecida pelo relógio no topo do edifício e famosa por vender luxuosos relógios, jóias e porcelanas. A Wako foi fundada por Kintarō Hattori que posteriormente dividiu a empresa e criou a Seiko.


Além da Wako ainda existem outras três grandes lojas de departamento: a Mitsukoshi, a Matsuya e a Hankyu. Todas com muitos artigos luxuosos.


Ginza abriga também quase todas as grifes internacionais de alto luxo. Restaurantes refinados também são inúmeros. Ainda há uma loja especializada em papéis japoneses chamada Ito-ya, oferecendo acessórios para caligrafia japonesa, origami, e papéis fabricados manualmente conhecidos como washi (e que indicamos para a leitora Miriam).


A foto abaixo é de um outdoor do Ken Watanabe que a Denise ficava suspirando...assim ela fica menos brava com as fotos das japonesas que coloquei nos outros posts...


Já conhecíamos Ginza e desta vez não gastamos muito tempo. Além disso tudo é muito luxuoso e não faz muito nosso estilo...gastamos mais tempo na Uniqlo e comprando doces na Fujiya...



Fujiya Ginza

Já comentamos sobre a Fujiya no post sobre Kisarazu mas vale dar a dica de que existe uma loja em Ginza também. Mas como muitos lugares do Japão, não existe lugar para comer na loja. O jeito foi pegar alguns doces e levar para o hotel.

Escolhi o Mil Folhas de castanha que estava muito bom. Sou suspeito pois gosto bastante de doces que levam castanha na receita.


A Denise pediu um Bolo de Morando.É impressionante como os doces são leves. Levamos também os mesmos que comemos em Kisarazu também.


Preços
Folhado castanha: ¥ 650 (R$ 15,60)
Bolo de morango: ¥ 650 (R$ 15,60)

Endereço
4-2-12 Ginza, Chuo-ku, Tokyo

Site

12 comentários:

Bah disse...

Nossa, vcs colocam muita coisa num post auhauahu acabo esquecendo o que ia falar rs..

Vamos lá... sobre o leilão de atum... nunca fui, tinha curiosidade, mas acordar de madrugada ninguém merece... apesar que a cara dessa comida tá boa demais! Eu nunca comi essa lula grande ai. É bom?

Sobre Ginza, saudades... Foi a primeira vez que eu vi uma loja da Apple. fiquei super encantada! Essa rua fecha aos domingos para o pessoal passear. Vale a pena.

Vcs andaram nesse ônibus da Kitty-chan? rssss

Pra variar, fotos de doces, que dão água na boca!

Kisu!

Vanessa Fernandes disse...

Olá queridos!!! Td bem?!?

Incrível como estou amando conhecer tantas coisas que desconhecia sobre o Japão. Agora só falta irmos pra lá e ver tudo ao vivo! rs

Peixe de manhã?!? Que demais e atum é tudo de bom nesta vida, amo!

Os prédios chiquérrimos, o moço bonito do outdoor, o busão da Hello Kitty (fofo demais)... realmente demasiadamente encantador!

E esses doces? OMG! Salivei de vontade. Os doces parecem nada enjoativos e leves mesmo!

Muito bom, parabéns novamente! :)

Boa semana!

Bjão,
Vanessa

Tabeteimasu - Denise disse...

Olá Rô!
A gente tentou reduzir o máximo de informações no post, mesmo assim não conseguimos! É muita informação!!!
O Carlos até queria ir no leilão mas mas não conseguiu acordar cedo...rs!
Você se referiu à lula grande que veio no meu prato? Se for, na verdade aquilo é tarabá, uma espécie de king grab (caranguejo gigante). Me arrependi de não ter conhecido o Sushi Bun...
Nós também gostamos desta loja da Apple pela mesma razão! Uma vez até sonhei que estava lá, mas foi antes dessa viagem...rs
Infelizmente não deu tempo de passear no ônibus da Hello Kitty, mas vontade não faltou!
Os doces estavam impecáveis, como sempre!!!


Oi Van!
Quem sabe na próxima viagem vcs conseguem nos acompanhar? Seria perfeito!
Hahahaha! Quando a gente comentou que faltou estômago nesta viagem foi a mais pura verdade...meu próprio organismo não estava acostumado a comer arroz, tampouco peixe logo cedo...e naquele dia em Tsukiji passei um perrengue, pois o sushi não caiu legal! rs
Ginza é um luxo só! Você se sentiria encantada diante de tantos detalhes lindos!
Os doces eram uma perfeição!!!
Obrigada pelo carinho!

Beijos a todas,
Denise.

Anônimo disse...

Olá
Guinza é um espetáculo, mas pra gente só deu para encarar o Uniqlo que parece que virá para o Brasil. Tomara que eles consigam manter um bom preço e qualidade.
O que me deixou um pouco triste lá foi ver a Sony Building com pouco movimento enquanto a Applestore estava bombando nos quatro andares.
Gosto muito de doces com castanhas, queria ter comido um monte de "momburan" lá, mas este da foto tambem parece demais!

Abs
Luiz

Isadora disse...

uau! belas fotos! como sempre, um post magnifico! que sobremesas deliciosas!!! babei!

Tabeteimasu - Denise disse...

Olá Luiz!
Nós também só gastamos tempo na Uniqlo! Acabamos virando clientes fiéis e compramos bastante coisa lá. Tomara que eles venham para o Brasil, mas com certeza os preços serão altos pois com a carga tributária do nosso país fica difícil fazer um preço justo! Quem sabe eles desbancam a Hering, que de "básica" não tem nada atualmente...
A Apple mudou significamente a vida de muitos consumidores, fidelizando a cada temporada com produtos novos e infelizmente a concorrência não conseguiu alterar a fórmula...Veremos até quando a Apple vai se sustentar no topo. É uma pena que a Sony parou um pouco no tempo pois na época que éramos mais jovens, os produtos que eles lançavam eram incríveis e todo mundo queria ter!
Você tem o gosto parecido com o do Carlos pois ele ia direto nos "momburan". Além dos doces a base de matcha tb. Eu já gostava de escolher os doces com morango!


Oi Isadora!
Agradecemos o carinho e os elogios!!!
As sobremesas eram incríveis!

Abraços a todos,
Denise

André Leiras Prujansky disse...

Olá casal!!!

Nossa adorei o post de vocês!!! Sou um verdadeiro afixionado em mercados e adorei viajar com vocês no Mercado Tsukiji!

grande abraço

Tabeteimasu - Denise disse...

Oi André!

A gente lamenta até hoje por não ter acompanhado de perto o leilão de peixes em Tsukiji, mas pelo menos a gente pôde comer tudo fresco!!!

Tem que conhecer o Japão, há uma ótima variedade de comida...Chama a Laura! rs

Beijos,
Denise

Mau disse...

Que fotos incríveis! Gostei muito! Espero um dia poder visitar estes lugares bacanas. Uma curiosidade: que maquina fotográfica esta usando?

Tabeteimasu disse...

Olá Mau,
Agradecemos pelos elogios! O Japão é realmente um lugar que vale a pena ser visitado! As fotos foram feitas com uma T2i e um iPhone.

Abs,
Carlos

Paula K. disse...

Que horas mais ou menos vcs chegaram no Mercado Tsukiji?
To montando meu roteiro para ir lá conhecer e acho que não vou conseguir chegar antes das 11, será que vai estar mega lotado? :P

Tabeteimasu disse...

Olá Paula,
Nós chegamos por volta das 10:00h. Mas se for para ver o leilão você precisa chegar por volta das 4:00h da manhã já que a distribuição de senhas começa às 5:00h.

Os restaurantes ficam bem cheios seja a hora que for. O mais famoso e recomendado dentro do mercado é o Sushi Dai mas a fila é imensa e não quisemos perder muito tempo (ia demorar umas 2 horas na fila).

Se tiver paciência e tempo tente o Sushi Dai mas se quiser uma fila menor tente o Sushi Bun.

Abs,
Carlos

Postar um comentário