17 de dezembro de 2012

Japão - Fukuoka - Ohori Park e Fukuoka Tower

No último dia que ficamos em Fukuoka resolvemos extrapolar e caminhamos bastante, cerca de 13Km. Saimos de Hakata, passamos no Canal City e de lá fomos caminhando até Tenjin ao lado do Rio Nakagawa. A partir de Tenjin pegamos uma avenida chamada Keyaki Dori, que é a continuação da Kokutai Road que liga Hakata a Tenjin. A Keyaki Dori liga Tenjin a Kego passando pelo Ohori Park e é uma avenida muito arborizada, com calçadas largas e cheia de lojas de roupas fashion, cafés e restaurantes descolados.


Ela não é muito longa mas mesmo que fosse poderíamos andar por muito tempo que nem sentiríamos pois é um caminho muito agradável. Uma coisa bem comum de se ver no Japão são crianças indo para as escolas sozinhas. Na verdade elas andam em grupos determinados pela escola mas sem a presença dos pais. Ela usam sempre bonés em cores chamativas como amarelo ou vermelho. Nem preciso dizer que no Brasil ninguém tem coragem de deixar seus filhos pequenos irem sozinhos para a escola...


Saindo da Keyaki Dori pegamos uma rua que circundava o parque e no caminho havia o Santuário Gokoku, mas não entramos pois já tínhamos outro destino planejado.


Logo chegamos ao Ohori Park que foi construído em 1929 e possui aproximadamente 400 mil metros quadrados (pouco menos que 1/3 do Parque Ibirapuera). Um enorme lago fica no centro e aproveitamos para sentar e descansar um pouco apreciando a linda paisagem.


Vimos desde idosos caminhando até jovens estudantes cruzando as ruas do parque que também são coloridas por belas tulipas como em outros lugares de Fukuoka.


O caminho ao redor do parque possui em torno de 2.2Km mas é possível atravessar o lago através de 3 pequenas ilhas interligadas por pontes.


Muitos pássaros convivem em harmonia com os visitantes (o "karasu" ou corvo não conta pois é onipresente em todo o Japão e não se importa muito com os outros...rs...). Vimos também um time de baseball correndo pelo parque.


A última ponte é a mais extensa de todas e muito bela.


A vista a partir dela é muito bonita dando para avistar grande parte do lago bem como várias carpas e tartarugas que ficam próximas esperando os visitantes darem comida.


Site


Momochi Seaside Park

Saindo do Ohori Park continuamos caminhando em direção ao Momochi Seaside Park que fica na orla de Fukuoka é tem como atrativos um complexo chamado Hawks Town e a Fukuoka Tower.

O complexo Hawks Town consiste no estádio Yahoo! Dome, no shopping Hawks Town Mall e no luxuoso hotel Hilton Fukuoka Sea Hawk. Prédios de grandes empresas como Hitachi e NEC também ficam na região.


No outro lado da ponte um solitário saxofonista deixou nosso passeio ainda mais agradável.


Em nossas longas caminhadas os chás eram sempre companheiros inseparáveis. O preferido foi o Oolong da Suntory e o Iyemon Cha Kyoto (houjicha - chá verde tostado). O valor da garrafinha ficava em torno de ¥ 130 (R$ 3,12).


Tinha outro que também era muito bom mas esse não sabemos o nome.


E para repor as energias costumávamos ir beliscando várias coisas no caminho. Não tínhamos horário definido para almoço ou janta pois acabávamos comendo o dia inteiro na verdade. Sorvetes principalmente. Durante essa última caminhada pegamos uns 3 potes pequenos de Haagen Dazs cada um. Nos outros dias não foi muito diferente. Tem um sorvete japonês da marca Parm muito bom mas esqueci de tirar foto...

Meu preferido pra variar foi o de matchá. Que pena que eles não trazem esse sabor para cá...


A Denise gostou bastante do Kajitsu de Blueberry.


O de mil folhas era muito bom também. Foi o nosso segundo preferido.


Você encontra sobremesas chamadas Mont Blanc em muitos lugares e até no sorvete. Esse era bom mas não tanto quanto os anteriores.


Tinha ainda um de pudim de kabocha com uma espécide de caramelo no meio. Eu que adoro kabocha achei bem sem graça...


Mas uma coisa é certa, no Japão existem muitos sabores diferentes de Haagen Dazs enquanto no Brasil os sabores são os mesmos há muitos anos. No máximo eles colocam 2 sabores a cada ano que são trocados posteriormente. Em compensação não achamos potes grandes no Japão...Esses potes pequenos que são do mesmo tamanho que os vendidos aqui e custam por volta de ¥ 200 (R$ 4,80). Muito barato...por isso tomamos vários...


Fukuoka Tower

De longe já é possível avistar a Fukuoka Tower com seus 234 metros de altura, considerada a torre mais alta à beira mar. Contruída em 1989, ela é revestida com 8000 espelhos o que a deixa muito bonita.

No saguão à espera do elevador, se você olhar para cima verá toda estrutura dela. Com uma estrutura pesando 25 mil toneladas sob a superfície e apenas 3.5 mil toneladas acima do solo, ela foi projetada para suportar terremotos de até 7 graus e ventos de até 63m/s.


A vista não é tão impactante quanto de outros observatórios localizados em Tokyo, Yokohama e Osaka mas mesmo assim é bonita e vale a pena subir.


Dá para avistar um grande hospital, o Fukuoka Sanno, e atrás dele a Biblioteca de Fukuoka.


Do lado com a vista para o mar, avistamos um complexo chamado Marizon, voltado para cerimônicas de casamento. Tratei de ir logo para o outro lado antes que a Denise tivesse alguma idéia mirabolante ;)


Aproveitamos para tirar fotos em mais um santuário para casais apaixonados.


Saímos de lá quando já estava escurecendo e a torre ficava mais bonita e imponente na medida que nos afastávamos.


Quem está acompanhando a série sobre o Japão deve ter percebido que existem vários observatórios nos edifícios mais altos das cidades e isso atrai muitos turistas. Não entendo como uma cidade como São Paulo que tem atualmente inúmeros arranha-céus não se faz isso. Na verdade nos lugares que são possíveis visitar, a burocracia impera ou então não tem uma estrutura decente para receber visitantes.

Preço
Entrada: ¥800 (R$ 19,20)

Endereço
2-3-26 Momochihama, Sawaraku, Fukuoka

Site


Freshness Burger

Depois de muito andar era hora de voltar para o hotel mas antes paramos para comer. Seguindo uma dica da Kiyomi, paramos no Freshness Burger. A rede criada em 1992 tem o lema de servir comida orgânica e natural apesar de ser uma rede de fast food.

O ambiente é também bem mais acolhedor do que as outras redes de fast food e possui mesas de madeira rústica. A área extena desta loja era bem agradável e ao contrário do Brasil, dava para ficar sem medo de ser assaltado ou sofrer um arrastão...


Começamos pedindo um Classic Cheese Burger para cada um. O lanche é muito bem montado e bem saboroso. Realmente é bem melhor do que os lanches das outras redes. Pedimos também uma porção de batata frita que foi servida de maneira rústica com casca. Aquilo sim eram batatas ao contrário dos palitos congelados e sem gosto que são servidos nos concorrentes.

Ainda com fome pedimos o Cheese Burger que também estava bom mas era menor que o Classic.


Para beber pedimos um Homemade Ginger Ale que estava muito bom. Ele tinha pedaços de gengibre e era bem ardido e refrescante. Pedimos também um Lemon & Cranberry Soda. Muito bom também mas o Ginger Ale foi nosso preferido. O bacana é que no Japão a maioria dos lugares serve açúcar líquido, muito mais prático de usar do que o refinado que você tem que ficar mexendo, mexendo...


Como andamos bastante ainda estávamos com fome e fui pedir mais um lanche. Fiquei curioso como Bacon Omelet Burger. Quando demos a primeira mordida ficamos decepcionados pois não achamos o hambúrguer...acho que estava tão cansado que nem reparei que o lanche tinha apenas omelete na hora de pedir...Pelo menos tinha bacon para fazer companhia.


De todas as redes de hambúrguer fast food a Freshness Burger é a melhor sem dúvida nenhuma. Vale a pena conhecer. Agradecemos a dica da Kiyomi pois se não fosse ela acharíamos que seria apenas mais um fast food sem graça...

E mais uma coisa que valeu a pena: essa loja fica ao lado de uma loja do Donki!

Preços
Classic Cheese Burger: ¥ 590 (R$ 14,16)
Cheese Burger: ¥ 350 (R$ 8,40)
Batata Frita: ¥ 200 (R$ 4,80)
Homemade Ginger Ale: ¥ 340 (R$ 8,16)
Bacon Omelet Burger: ¥ 350 (R$ 8,40)
Lemon & Cranberry Soda: ¥ 360 (R$ 8,64)

Endereço
3-4-2, Sawara-ku, Nishijin, Fukuoka

Site
http://www.freshnessburger.co.jp/

7 comentários:

Bah disse...

Uma pena que eu não conheci Fukuoka. Um lugar interessantíssimo e fora que qualquer paisagem do japão é de tirar o fôlego. Vcs foram numa época ótima pra passear e pra tirar fotos.

Agora essa cebolona que tem no hamburguer auhauahuaa não dá...

KIsu!

Tabeteimasu - Denise disse...

Olá Rô!

Me surpreendi com Fukuoka, não imaginava que fosse tão bonito quanto outros lugares que visitamos...

Esta época foi realmente boa para aproveitar a florada das tulipas e azaléias que estavam belíssimas e conhecer os lugares da região!

A cebola estava ótima, nada marcante...na dúvida era só tirar! rs

Beijos,
Denise

Inessa disse...

Legal, também não imaginava uma cidade interessante. Fico impressionada com o capricho deles na hora de constuir as cidades. Cada detalhe é pensado, e não existe a possibilidade das ruas ficarem empoçadas e haverem transbordamentos com aquela chuva forte como deu na semana passada aqui em SP!

E esses sabores do Haagen Dazs?!Tudo de bom!

abçs
Inessa

Tabeteimasu disse...

Olá Inessa,

Ficamos tão encantados com a cidade que não pensaríamos duas vezes em viver por lá...
São os pequenos detalhes que fazem toda a diferença! rs
Estamos com as lombrigas atacadas só de ver as as fotos e é uma pena não poder mais sentir o sabor dos sorvetes de lá!!!

Abs,
Carlos

Elder disse...

Ola gente!!! Parabéns pela participação na matéria da revista Sabores. Vou procurar para ler. :-)
E engraçado que eu estava lendo este post e pensando na falta de "mirantes" na nossa cidade. SP deve ser de tirar o fôlego lá de cima. Aí no final do primeiro tópico vejo o comentário falando o que estava pensando... hehehe... Quanta coisa há pra melhorar por aqui, hein...
O negócio é ficar "invejando" as belezas que há no Japão através do blog de vocês!! hehehe...

Abraços!

Kiyomi, a.k.a. Piggy disse...

Cada vez que vejo as fotos da viagem de vocês, fico morrendo de vontade de conhecer (ainda farei isso, aguardem)!!!
Na real? Faz um bom tempo que não vou ao Freshness Burger, mas é ainda um dos meus lugares favoritos. Raramente como os sazonais, mas as bebidas eu costumo experimentar.
Bem, o omelete eu nunca tinha experimentado, mas felizmente os demais sanduíches compensaram!
Eu que agradeço!!
Abraços! ;)

Tabeteimasu - Denise disse...

Oi Elder!
Realmente São Paulo peca na falta de infra-estrutura ao oferecer lazer aos cidadãos, além de outros fatores.
A gente acha que vai demorar a realizar e pensando bem é mais fácil contemplar esses quesitos viajando para fora...
Obrigada pela gentileza!!!


Olá Kiyomi!
A gente se surpreendeu com Fukuoka, mesmo não lembrando em nada com o ritmo frenético de Tokyo...
Quando puder faça a visita sim, valeu cada centavo!
O Freshness Burger tem um gostinho especial graças a vc! rs

Abraços a todos,
Denise

Postar um comentário