28 de janeiro de 2013

Japão - Kumamoto

Depois de Fukuoka seguimos para Kumamoto que foi nossa última parada. Pegamos novamente o Shinkansen e chegamos lá em pouco mais de 30 minutos, onde foi percorrido 118Km. A partir de Tokyo são aproximadamente 1.050Km. A estação de Shinkansen em Kumamoto é relativamente nova pois foi aberta em 2010. Antes o acesso era feito via trem normal.


Apesar de ser uma viagem rápida, quando o carrinho de comida e bebida passou fiquei de olho em uma embalagem que representava um Shinkansen e perguntei o que era. A moça disse que era um bentô e imaginei que fosse para crianças. Mas deixei meu lado infantil aflorar e comprei um...


Todo mundo sabe que a apresentação dos pratos japoneses é muito importante e achei muito bacana fazerem um bentô em uma réplica do Shinkansen. Além de ser muito bacana a comida era muito boa.


Kumamoto fica na ilha de Kyushu no extremo sul do país. Ao contrário das outras metrópoles que passamos, Kumamoto foi a mais tranquila de todas. Parece que na medida que você se afasta de Tokyo rumo ao sul do país o ritmo vai ficando mais tranquilo.

E para ficar ainda mais calmo ficamos em uma pequena cidade chamada Tamana e desta vez nos hospedamos na casa dos tios da Denise. Ao invés dos inúmeros letreiros de neon, shoppings e dapatos modernos e outras paisagens que vocês acompanharam nos posts anteriores, em Kumamoto vimos um outro lado do Japão com paisagens mais rurais e uma densidade demográfica menor.


Mesmo em meio a paisagem rural, é de arrepiar ver o Shinkansen cortando as plantações. A foto abaixo não ficou boa mas garanto que ao vivo arrepiaria qualquer um.


As ruas são bem calmas e tranquilas e as casas um pouco maiores que as encontradas nas cidades maiores. O silêncio impera tanto durante o dia quanto de noite. Ao contrário daqui que cada vez mais o barulho adentra as madrugadas atrapalhando o sono das pessoas. Se pudesse ficaria por lá sem pensar duas vezes...


O mascote de Kumamoto é chamado de Kumamon e foi criado em 2010 junto com a inauguração da estação do Shinkansen para promover o trem bala e as atrações da cidade. Nesse pouco tempo ele se tornou um dos mais populares mascotes do país.


Como ficamos na casa dos tios da Denise em Kumamoto, vivenciamos literalmente o dia a dia de uma família japonesa (eles são japoneses e não falam nada de português). A começar pelo café da manhã, passando pelos banhos no ofurô e terminando por dormir no futon (isto pelo menos já fazíamos quando moramos por lá).

Mas...não temos o costume de comer muito no café da manhã, principalmente eu que às vezes dou apenas uma beliscada. A Denise ainda come um pouco mais mas mesmo assim foi difícil de acostumar. Acordávamos cedo, por volta das 8:00h para aproveitar o dia e a mesa já estava pronta com muita coisa...

Entre eles um tofu que era maravilhoso. Creio que o melhor que já comemos pois era leve, suave e desmanchava na boca.


Missoshiro também não faltava e ainda era incrementado com asari (um tipo de vôngole). Muito saboroso também. Mas eu deixava as conchas para a Denise "cavocar".


Tinha também mentaiko que são ovas de um peixe chamado escamudo negro (da família do bacalhau) curtidas com pimenta. São muito boas para comer com gohan quentinho mas ficaria melhor se fosse no almoço...


Para completar carne acebolada. Sim, tudo isso às oito da manhã....claro que eles não comem tudo isso todos os dias pois prepararam mais coisas para nós já que éramos visitas. Mas a base é a mesma e para quem não sabia, o café da manhã japonês é bem diferente do nosso. Até tentei explicar dizendo que não precisava de tudo isso pois normalmente só comíamos pão no Brasil...mas não deu certo. No dia seguinte além de tudo isso ainda teve pão para comermos...


O melhor de tudo era comer olhando para o jardim muito bem cuidado do Sadanobu san. Não trocaríamos essa nossa hospedagem por um hotel de luxo de maneira alguma!


Além da parte salgada ainda havia alguns doces! Além de manju e moti, teve também um rocambole recheado de azuki e coberto com uma fina camada de moti. Era delicioso e ficamos até hoje só pensando nele...


E para ficar um pouco mais leve morangos graúdos e doces. Sem nenhuma comparação com os nossos que são duros e azedos...


Depois do passeio que fizemos no primeiro dia (e que vamos comentar no próximo post) jantamos em casa mesmo, com alguns pratos preparados pela irmã da Umeko san. Teve sashimi de peixe serra, um outro peixe que não lembramos qual era e lula.


Pequenas lulas recheadas que eram super macias e saborosas.


Um cozido de legumes chamado nishimê.


E tempurá de legumes.



Unagi no Yamaguchi

No penúltimo dia que ficamos em Kumamoto fomos comer enguia pois a viagem estava chegando ao fim e queria aproveitar. O Sadanobu san nos levou até o restaurante Yamaguchi.


As salas eram reservadas e privativas e a mesa formada por uma madeira rústica muito bacana.


Para beber nada melhor que o chá verde que não me canso de beber.


O teishoku era formado pela enguia, gohan, uma salada e o osuimono.


Não preciso falar que estava bom demais. Para minha sorte a Denise não curte muito enguia e não aguentou cedendo metade do prato dela para mim :)


Preços
Unagui: ¥ 2600 (R$ 62,40)

Endereço
Nagasu Nagasu-machi 440-1 Tamana-gun, Kumamoto

Site
Não tem

7 comentários:

Elder disse...

Ola pessoal!!! Que lugar gostoso, hein! Olhando as fotos parece que viajei até lá e senti o clima. E a variedade de comidas! Melhor que muuuuuito restaurante. Fantástico gente!
Abraços.

Bah disse...

Até a família é de #gordosafados! Quando vcs vierem me visitar eu tenho que preparar um banquete tb por isso estou aprendendo a cozinhar auhauahaua....

Nossa, fiquei sentindo um pequeno remorso em não ter ido à Kumamoto, afinal, é terra natal do meu pai. Fiquei 4 anos no Nihon e não conheci a terra dele, dá até vergonha.

Quando eu fui embora não tinha a estação de shinkansen ainda O.o adorei o seu lado criança e pegar um shinkansenzinho auhauauaha

Kisu!

andreia inoue disse...

Casal querido,lendo e vendo as lindas imagens que vcs postaram,me deu ate um no na garganta,que saudade que estou dessa terra abencoada. Voltei ao tempo e ate senti o gostinho das delicias de la.
:D
um beijao.

Tabeteimasu disse...

Olá Elder! Tudo bem?
Que bom que deu para "viajar" e sentir um pouco do clima desse passeio! Comemos muito bem! E realmente até melhor do que muitos restaurantes! Obrigado pelo elogio!

Olá Rô,
Hahaha...pois é...essa apetite todo vem de família...rs...É bom saber que vai ter um banquete preparado por você quando estivermos aí! Hahaha...
Que pena que não deu para vc conhecer Kumamoto. Acho que da próxima você terá de fazer uma visita por lá! Meu lado criança aflorou quando vi aquele bentô! rsrs

Olá Andréia,
Que bom que você gostou! Nós também ficamos com um nó na garganta só de ficar escrevendo os posts! Dá uma tristeza de pensar que o Japão está tão longe...

Abraço a todos.
Carlos

Vanessa Fernandes disse...

Olá amigos!!! Td bem?!?

Apaixonante este post!!!

Começando do começo... rs: andar nesse trem bala deve ser demais e adorei que deixaram o lado criança aflorar. Vcs bem sabem que eu faço isso com frequência, né?!? hahahaha

Que bom que puderam conhecer o lado mais rural do Japão. É muito bom poder descansar e andar em ruas calmas. E melhor ainda é serem recebidos tão bem e poderem vivenciar o dia a dia. Eu iria amar o banho de ôfuro, certeza!

Ahhhhhhh e a enguia está linda, vontade! :)

Bjão com saudades,
Vanessa

VivianLika disse...

Ola Kato-san,

O peixe que vc nao lembra e o Bonito ou Katsuo (tataki).

Ahhhh, apos 1 ano aqui no Japao... retornarei ao Brasil esta semana.... vou sentir falta... Principalmente da comida!!! e ver essas fotos sera cruel hahahaha

Bjao

Tabeteimasu disse...

Olá Van, td bem?
Que bom que gostou! Andar de Shinkansen é incrível! Viajar de trem é muito bom. Pena que no Brasil isso é quase impossível. Acho que você iria ser muito criança por lá! rsrs...tem tanta coisa interessante que fica difícil resistir!
Foi muito bom conhecer Kumamoto e ver os contrastes das áreas super urbanas com as áreas rurais. E os tios da Denise nos receberam muito bem! Estamos sentindo muita falta deles! E o banho de ofurô era muito bom! Você precisa provar enguia!

Olá Lika san,
Na verdade eu errei ao colocar serra pois era katsuo como você mencionou! Já corrigi. O que eu não lembro é o da foto logo abaixo do katsuo.

Imagino a falta que você irá sentir. Nós ainda estamos com saudade e ficar vendo estas fotos só aumenta esse sentimento! Você deve ter aproveitado bastante durante esse tempo que ficou por aí né!

Abraço a todas,
Carlos

Postar um comentário