4 de maio de 2010

Octavio Café

Assim como o sushi em SP, há uma rica variedade de opções para se apreciar o café. E não só na forma de um expresso, mas como em outras variações de bebidas que levam esse ingrediente tão consumido aqui e em outros lugares do mundo.

Localizado em meio a uma das mais movimentadas avenidas da cidade, na Faria Lima, o nome vem de origem dada ao produtor de café Octavio Quércia, que iniciou o cultivo em Pedregulho, região de Alta Mogiana - MG, em 1940. A cafeteria foi aberta pelo filho do Octavio, o Orestes Quércia. Não somos simpatizantes dele, mas fomos lá apenas para apreciar a comida.

Sabe quando você está procurando um lugar tranquilo, sem muito barulho (apenas com uma música de fundo em baixo volume), que tenha algumas bebidas, petiscos e lanches corretos? Tente o Octavio Café.

Na hora do almoço costuma ficar mais movimentado, com executivos almoçando. À noite, o ambiente fica mais aconhegante, ótima opção para um happy hour ou para dividir o sofá com a namorada. A casa apresenta pé direito alto, cadeiras estilosas e sofás confortáveis, além de oferecer uma área externa, perfeita em noites quentes. O som ambiente toma conta do lugar convidando a todos para relaxar e se descontrair.

Apesar de ser uma cafeteria, os pratos servidos no almoço (ou no jantar) são saborosos e bem montados. Existem desde massas, carnes, aves até pratos à base de peixe. O cardápio apresenta também alguns lanches que parecem ser saborosos.

Inicialmente levei a Denise para conhecer e ficamos apenas nos cafés. Pedimos primeiro um Laranja ao Café, preparado com Cointreau, sorvete de creme, laranja, café e chantilly. Ao contrário do que possa parecer, o contraste entre a laranja e o café não fica tão estranho quanto imaginamos. Ele fica diferente mas muito gostoso. É bem aromático e o sabor da laranja bem pronunciado (creio que seja essência pois é um sabor bem concentrado).


A Denise pediu um Cookies ao Café feito com sorvete de nata, cookies, café e chantilly. É gostoso também mas bem mais suave que o anterior.


Posteriormente pedi um Affogatto Toffee preparado com café, sorvete de nata e cream toffee. Este foi um pouco sem graça. Apesar de ser bonito, o sabor ficou mais para um café com leite gelado.


A Denise pediu uma sobremesa, a Crostata de Goiaba, que era uma tortinha recheada com goiabada acompanhada de sorvete de creme. Ela veio levemente aquecida com a massa bem crocante. O recheio de goiabada estava bom, não tão doce quanto as que encontramos por aí.


Depois disso a Denise ficou com vontade de experimentar os pratos de lá pois eu já havia provado uma massa durante um almoço de negócios e tinha comentado que era muito boa. Retornamos num outro dia com o intuito em jantar.

Pedimos o mesmo prato, uma massa recheada de carne assada ao vinho tinto com ragu de shitake, champignon Paris e shimeji , lâminas de parmesão e rúcula. A massa veio cozida al dente e o recheio estava saboroso, com a carne bem macia (e em boa quantidade). O tal ragu de cogumelos é um mix de shitake, shimeji e champignon salteados no azeite e combinou muito bem com o molho de tomate (rústico, lembrando o do Ráscal). A rúcula por cima do prato também deu um toque diferente.


O atendimento é bom e todos são bem educados. Você pode ficar sentado conversando por um bom tempo sem ser indagado se quer pedir mais alguma coisa. O ambiente pode parecer chique e imponente, mas não é  hostil e muito menos cheio de frescuras.

Preços
Laranja ao Café: R$ 8,60
Cookies ao Café: R$ 8,60
Affogatto Toffee: R$ 10,90
Crostata de goiaba: R$ 14,00
Massa com recheio de carne assada: R$ 36,90
Água com gás: R$ 3,20

Endereço
Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2996
11 3074-0110

Site
http://www.octaviocafe.com

6 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Ouuuu coisa boa!!!
Não sei o que acharia mais gostoso. Se o café nessas variações deliciosas. Se a massa que parece ser deliciosa ou o ragu. Tudo o que eu amo.
Nunca comi ragu de cogumelos. Só tenho comido aqueles comuns mesmo, feitos em casa rs.
E gostei da observação: apesar de ser um ambiente bonito, chique, não é ambiente frufru pra esbanjar o nouveau richisme.

Nem preciso falar que o post está excelente, né?

Pino disse...

Pepino:
Lembrei do Fran´s Orange, o banido café com suco de laranja do Fran´s Café... Eu adorava, mas acho que ninguém mais gostava... Hoho
Que nem o Bis com Laranja =P

Tabeteimasu disse...

Alexandre,
A combinação de shitake e shimeji com molho de tomate era estranha até então e nunca arrisquei fazer em casa, mas depois que esperimentei no restaurante, vou tentar fazer em casa pois fica muito bom!

Pepino,
Esse do Fran's eu não conhecia...e já que estamos falando de misturas com laranja, lembrei do Hi Fi Milk Shake do Achapa que leva sorvete de creme e suco de laranja. Parece estranho mas é bem gostoso...

Bah disse...

Os cafés do Brasil tem mais cara de frescurite do que as do Japão. Fora que as coisas são muito caras. Claro que uma vez ou outra é bom.

Essa torta de goiabada deve ser boa...

Kisu!

Anônimo disse...

Eu fui e aprovei, delicia...
Lugar aconchegante e requintado, até encontrei o Amauri Jr. Chiqueeee
Bjo Dê, salvou meu almoço de sábado

Anônimo disse...

Pena ser do Quércia!

Postar um comentário